As grandes cidades mundiais

As maiores aglomeraç~eos urbanas estão localizadas nos países em desenvolvimento. Apenas 5 das 20 aglumerações urbanas com mais de 10 milhões de habitantes continuam a pertencer a países desenvolvidos: Tóquio, Nova Iorque, Osaka-Kobe, Los Angeles e Moscovo.

As grandes cidades exercem a sua influencia sobre espaços cada vez mais vastos, dinamizando o seu desenvolvimento e a formação de metrópoles – extensa área urbanizada constituída por uma grande cidade e pelas áreas urbanizadas envolventes (os subúrbios).

Existe uma hierarquização das metrópoles dos espaços controlado por elas:

  • na base, encontra-se a região, organizada em redor de uma metrópole regional;
  • no nível superior, os centros metropolitanos mais importantes cuja área de influencia é nacional ou mesmo internacional;
  • por último, algumas metrópoles pelo seu poder e capacidade de decisão são qualificadas como cidades globais ou cidades mundiais.

No topo da hierarquização das cidades globais encontramos Londres, Nova Iorque e Paris, porque exercem maior influencia à escala mundial.

As grandes aglomerações urbanas que as constituem estão ligadas por uma rede de comunicações muito densa e apresentam-se como lugares centrais do processo de globalização.

A economia mundial organiza-se apartir das metrópoles, que são simultaneamente concorrentes e complementares.

Três magalópoles:

  • norte-americana, Boston a Washington;
  • Europa, de Londres a Milão;
  • japonesa, de Tóquio a Nagasáqui.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: